quinta-feira, 30 de abril de 2009

Poema às mães

Poema à Mãe

No mais fundo de ti, eu sei que traí, mãe
Tudo porque já não sou o retrato adormecido no
fundo dos teus olhos.
Tudo porque tu ignoras que há leitos onde o frio não se
demora e noites rumorosas de águas matinais.
Por isso, às vezes, as palavras que te digo são
duras, mãe, e o nosso amor é infeliz.
Tudo porque perdi as rosas brancas que apertava
junto ao coração no retrato da moldura.
Se soubesses como ainda amo as rosas, talvez não
enchesses as horas de pesadelos.
Mas tu esqueceste muita coisa; esqueceste que as
minhas pernas cresceram, que todo o meu corpo cresceu,
e até o meu coração ficou enorme, mãe!
Olha — queres ouvir-me? — às vezes ainda sou o
menino que adormeceu nos teus olhos; ainda aperto contra o coração rosas tão
brancas como as que tens na moldura; ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa no meio de um
laranjal...
Mas — tu sabes — a noite é enorme, e todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura, dei às aves os meus olhos a beber,
Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz
dentro de mim. E deixo-te as rosas. Boa noite.
Eu vou com as aves.
(Eugénio de Andrade, in "Os Amantes Sem
Dinheiro
")

35 comentários:

Mary disse...

Nelinha, que giro retrato!
Afinal, qual é a mãe e qual é a filha?!
Hehehe! :)

Martuxa disse...

Que lindo poema titia :)
Estou tão contente, o meu primeiro dia da mãe, e vou passar em Braga junto da minha mãe e da minha avó. Quatro gerações juntas!
Espero que tenhas uma óptimo dia da Mãe, porque mereces isso e muito mais pela pessoa carinhosa que és. Beijinhos.

Martuxa disse...

Que falta a minha!! Nem perguntei pela alergia, se já tinha passado?
Beijinhos

Sónia Alexandra disse...

Deixaste uma lágrima no meu olho...adorei. Feliz dia da mãe, e tu és, de certeza um óptimo exemplo, e bom feriado. Beijinhos doces

Gina disse...

Lindo poema e a foto também está bem legal. Gostei da homenagem.
Bjs.

Eu Mulher disse...

Amiga querida, vim lhe agradecer pelas felicitações do meu aniversário. Muito obrigada!
Lindo,lindo...Feliz dia das mães antecipado,rsrs.

Beijos

Vivian disse...

...que lindoooooooooooo!

posso imaginar que neste
retrato está você e sua
mamy, não é lindinha?

não poderias escolher texto melhor
para nos presentear aqui.

Eugênio de Andrade é tudo de bom.

beijos, minha linda!

Maria disse...

Quem tem sua mãe junto de sí é uma benção. Lindíssimo o poema.
bjs e bom feriado!

Adriana disse...

Oi madrinha querida tudo bem? tá sumidinha , que poema lindo, está chegando o dia das mães né?
Espero que esteja boazinha.
Um beijo e um lindo fim de semana.
Bjs.

MIUÌKA disse...

Oh! amiga,tal como tu não podia deixar passar em vão o dia que se aproxima,tu com o poema de Eugénio de Andrade(muito lindo)e eu da maneira que achei possível,não podemos fazer mais nada,apenas chorar,pois estes dias são muito complicados para mim,como serão para ti,embora elas estejam sempre na nossa lembrança,mas estes dias são piores de aceitar e de passar.
Querida na medida do possível,tem um bom fim de semana,um grande beijinho...MIUÍKA

A.S. disse...

Nela...
Uma bela homenagem a todas as mães e um lindissimo poema do Eugénio de Andrade que continua entre nós através da sua poesia!...


Beijos...

Manuela disse...

Nelinha minha querida é lindo de morrer!!!Desejo que tenhas um lindo dia:))Eu sou uma mãe de 3 filhas lindas. Um beijinho mãezinha:))

Edilia disse...

Nela, lindo poema quase chorei de emoção, lembrando da minha mãe.Que você tenha um lindo fim de semana com muita saúde(melhorou da alergia?)
Beijos
Edilia

Carol disse...

Nela, vocês parecem gêmeas!!!! Que lindas. Sabe, há tempos estava pra te dizer, você é muito parecida com uma bailarina nossa aqui de São Paulo, a Ana Botafogo, que foi a primeira bailarina do Teatro Municipal. Lindo poema, dorei!!! Um lindo final de semana pra vocês!!! Beijão

Carmencita disse...

Nela, que espetáculo, amei!Ficou genial.Bjss

Rafaela Andrade disse...

Oi, Nela que lindo poema, já no clima das mamães...

Deixei um presente pra ti no meu blog. Bom final de semana. Beijos!

Marlene disse...

Só um coração cheio de amor escolhe um poema tão belo e significativo! Para mim as rosas brancas tem um significado muito especial. A lembrança da minha mãe ainda vive acesa nas minhas velhas memórias e o meu coração ainda chora de saudades, porque Deus a minha mãe já chamou! Tudo isso aqui, me fez ficar um tempo mais próxima dela! Pra vc minha querida UM FELIZ DIA DAS MÃESESPERCIAL COMO VOCÊ!
UM beijo carinhoso e Deus te abençoe!

clau disse...

Sabe que eu nunca sei direito qdo é o dia das maes...?Pq nunca fui muito atenta com data nenhuma, sò o Natal mm! hihihi.
Sao vcs que terminam por me avisar.
Gostei do poema. E como mae,pq tenho um casal de filhos ja adultos,lhe desejo um dia especial que comemore a mae especial que eu sei que vc deve ser.
E Nela, tb vou aproveitar para pegar esta sua receitinha com pao que eu achei estupenda!
Boa semana e tudo de bom para vc!
Bjs!

moranguita disse...

nela tem uma boa semana, nao tenho tido tempo nem muita desposiçao para aqui vir.
beijocas

Bela disse...

Amiga, ao ler este poema dá para sentir a falta que a tua querida mãe te faz, mas acredita que com isso consegues ser a melhor mãe do mundo para a tua filhote, ela tem sorte em ter-te como mãe...
és uma pessoa fantástica, amo-te mesmo de coração.
Obriga por tudo nelinha, principalmente por nos dares conforto com as tuas palavras de mãe...
Bjinhos da Bela e família...

MIUÌKA disse...

Querida por agora passou este dia,(outros virão)a saudade bate sempre e tudo nos faz lembrar as nossas Mães.
Amiga espero que melhores da tua alergia que é muito chato.
Um beijinho...MIUÍKA

Nela disse...

Amigas:
obrigada pelas vossas palavrinhas, foi o nosso dia das mães para os nossos filhos quem os já tem claro, e para todas nós, tal como eu que além de mães foram filhas como todas as mulheres. Nestes dias claro que não precisa de o ser,mas bate mais ainda a dôr e as recordamos com carinho e mágoa no meu caso pq a minha já partiu assim como algumas das vossas mães amigas, mas lá onde estão estão a ver-nos e sabem o quanto as continuamos a amar.
À Martinha minha sobrinha este é o seu primeiro ano como mãe fico muito contente e te desejo FElICIDADES.
Mary não me importava de ser irmã, só que o tempo passa e temos que saber olhar o espelho querida.
Carol:
digo o mesmo, quem me dera rsrs e sabe? adorava quando era criança ser bailarina, andava de bicos dos pés pela casa fora, só que geralmente se segue outro rumo quase sempre diferente
Bela:
eu sou como as outras mães, tal como tu és e como todas somos, orgulhosas dos nossos rebentos tenham eles a idade que tiverem, pq são nossos até morrermos amiga, é uma coisa que ninguém nos tira mesmo, muito obrigada pelas tuas palavras mas tb és uma boa filha e eu sei bem isso.
A todas as amigas espero que tenham passado um bom dia da Mãe e de filha tb, e obrigada pelos comentários e carinho a todas mesmo, boa semana beijinhos grandes.

Vieira Calado disse...

Bem hajam as Mães de Portugal

e do Mundo!

Bjs

Naninha disse...

Mãe é tudo em nossa vida né?! Que belo poema. Parabéns a todas as mães.
Amiga melhoras pra ti viu?!
Beijos

Cöllyßry disse...

Olá querida, tudo bem...Desculpa a ausência, que delicias por aqui, quantas coisas boas fazes...

Lindo poema a esse Ser lindo que é MÃE...

|)’’()
| Ö,)
|),”
|Fica bem, terno beijo

ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë

A.S. disse...

A sensibilidade poética única de Eugénio de Andrade!...
Nada melhor para homenagear as mães!!!


Beijos Nela...

Dri Viaro disse...

que lindo poema minha amiga, e espero que melhore logo de sua alergia
bjsss

Alexandra Moura disse...

Parabens Nela pela escolha do poema e pelo carinho e amor que sentes,bjs doces...

Sónia Alexandra disse...

Amiga passei para te desejar uma óptima semana e as melhoras. Jinhossssssssssssssssssssssss

Rose disse...

Oi Nela, como vai você minha querida?
Lindo o poema e a foto também.
Ser mãe é uma dádiva de Deus.
Vim desejar uma ótima semana e matar as saudades do seu cantinho...beijos :)

Emília disse...

Oi Nela, passando pra te deixar um beijinho!
E também para tirar uma dúvida, o dias das mães em Portugal já foi? Pois no Brasil é só no segundo domingo de maio, dia 10. E eu estava achando que em Portugal era igual, mas lendo os posts dos blogs fiquei na dúvida.
Beijinhos

Adriana disse...

Oi querida, por que anda tão sumida? passei pra te desejar uma boa semana.
Estou preocupada.
Beijos.

Alexandra Moura disse...

Obrigado nela pela visita,já alteri a cor,obrigado pelo toque,as melhoras,bjs doces..

Nani disse...

Gostei do retrato e do poema, bjs.

MIUÌKA disse...

Obrigada amiga,espero que estejas melhor.
Um beijão...MIUÍKA